Novas Análises Microbiológicas

A segurança microbiológica dos alimentos tem se tornado uma questão-chave atualmente. Não há zona livre de patógenos alimentares no mundo. Portanto, para garantir a segurança dos produtos que chegam ao mercado, a indústria deve realizar testes microbiológicos de rotina. As análises microbiológicas são imprescindíveis para atestar a conformidade dos alimentos com os requisitos de segurança e qualidade regulamentados por órgãos fiscalizadores.

Há mais de 10 anos, o SAMITEC realiza análises em alimentos seguindo rigidamente as normas dos órgãos de fiscalização. Em 2019, inaugura uma estrutura totalmente otimizada, moderna e dedicada exclusivamente às análises microbiológicas. Com uma equipe técnica altamente capacitada e equipamentos e métodos que estão na vanguarda da inovação, o SAMITEC disponibiliza uma ampla gama de serviços adaptados às suas necessidades. Confira aqui nosso escopo de análises em microbiologia e em outros segmentos.

Samitec recebe visita da Embrapa trigo de Passo Fundo

Na última quinta feira, dia 25 de outubro, o Samitec recebeu a visita técnica da Embrapa Trigo, de Passo Fundo, em atividades referentes à “Capacitação na cadeia produtiva de cereais de inverno 2018”, realizada pela Embrapa e pela Organização de Cooperativas Brasileiras – Sistema OCB.

Na oportunidade, o grupo acompanhou uma atividade prática sobre a determinação de micotoxinas em cereais e observação de efeitos em animais, ministrada pelo Dr. Carlos Augusto Mallmann.

A capacitação corresponde a uma atividade que acontece anualmente no Samitec, através da iniciativa da Embrapa. Diego Sturza, gerente de experimentos do Instituto Samitec, destaca a importância da integração entre as instituições: “a parceria entre as Instituições tem permitido aos profissionais inseridos na cadeia produtiva de grãos compreender melhor a problemática das micotoxinas, desde os fatores que levam a sua produção até a visualização dos seus efeitos sobre os animais, entendimento que possibilita a estes um melhor gerenciamento da produção de cereais no país.”

 

 

ANÁLISE DA HOMOGENEIDADE DE MISTURA DE RAÇÕES: MICROTRACERS®

 
A produção mundial de ração vem crescendo ano a ano chegando próximo a um bilhão de toneladas em 2014. O Brasil está no ranking como o terceiro maior produtor, com 66 milhões de toneladas, com produção inferior à da China (183 milhões) e dos EUA (173 milhões). A produção de ração não foge as regras do mercado cada vez mais competitivo, otimizando processos e diminuindo custos, sem, no entanto, afetar a qualidade do produto final.
A mistura das rações consiste numa das etapas mais importantes na produção das rações. Assim, se os ingredientes não forem adequadamente misturados, a qualidade nutricional e a produtividade dos animais será significativamente afetada. A mistura em excesso implica em desperdício de trabalho, energia, capacidade de produção, e pode causar degradação de microingredientes. Por outro lado, a mistura incompleta implica no desequilíbrio nutricional e perda de produtividade dos animais. Por isso, sugere-se testes de rotina da mistura de rações para verificar a eficiência do processo e sua padronização. Isto pode ser realizado pela inclusão dos Microtracers® nos micronutrientes das misturas das rações. São partículas de ferro que, quando adicionados à ração, não causam danos à saúde e não são absorvidos pelo organismo. Os Microtracers® são usados para três principais propósitos:
  1. Validar a mistura da ração e verificar a ocorrência de contaminação cruzada;
  2. Marcar vitaminas, minerais, drogas ou outros ingredientes críticos da ração, para ser recuperados ainda na fábrica de ração, evitando assim expedição de racoes inadequadamente formuladas, e
  3. Verificar se o tempo de mistura está adequado.

O Instituto SAMITEC conta com profissionais capacitados e todos os equipamentos necessários para a realização dos testes quantitativos de homogeneidade de rações com o método de Microtracers®. Para conhecer esse e outros serviços, entre em contato por email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (55) 3226-1174.